O PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA AUGUSTO ARAS PEDE TRÊS DIAS PARA SE POSICIONAR SOBRE PEDIDO DE AFASTAMENTO DE BOLSONARO


O Procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou nesta terça-feira, 31, que em até três dias deve se posicionar sobre o pedido de afastamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por 180 dias. As informações são do site Muita Informação.

O pedido foi protocolado pelo deputado federal Reginaldo Lopes (PT-MG) e encaminhado a Procuradoria pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello na noite de segunda-feira, 30. O argumento é que o presidente atrapalha o combate a pandemia de covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

"O pedido chegou agora ao meio-dia ao meu gabinete e eu fui comunicado. Vou começar a estudar o caso agora à tarde, mas a imprensa tem a pressa que eu não posso ter. Não posso me manifestar sem antes estudar o caso. Não vou conseguir responder a essa pergunta em menos de três dias", afirmou Aras.

Em entrevista ao jornal O Globo, Aras, que foi indicado por Bolsonaro ao cargo, declarou que é injusta a crítica de que a Procuradoria-Geral da República (PGR) tem sido omissa diante da falta de ações do presidente durante a pandemia, já que suas manifestações estão resguardadas pela liberdade de expressão e imunidade do seu cargo.

No entanto, ele afirmou que a PGR pode ir à Justiça contra o Bolsonaro, caso ele decida implementar um decreto. "O Estado está funcionando normalmente e o governo, leia-se o presidente da República, tem liberdade de expressão e goza de certas imunidades. Agora, se o presidente vier a baixar um decreto, qualquer que seja, contrariando a orientação da horizontalidade, estabelecendo a verticalidade ou não, tudo isso é passível, sim, de apreciação judicial. E sendo passível de apreciação judicial, não somente os legitimados poderão recorrer à via judicial, como o próprio Ministério Público", declarou.

Fonte: A Tarde

Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

Tecnologia do Blogger.