ATOR E DIRETOR JORGE FERNANDO MORRE AOS 64 ANOS


Ele estava internado no Rio após passar mal na tarde deste domingo (27)

O diretor e ator Jorge Fernando, 64, da TV Globo, morreu na noite de domingo (27) no hospital Copa Star, em Copacabana, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada por plantão do Fantástico, da Globo, no início da madrugada desta segunda (28). 

Ele havia sido internado na tarde de domingo após se sentir mal. Jorge Fernando se recuperava das sequelas de um acidente vascular cerebral sofrido em janeiro de 2017.

Segundo informações do Hospital Copa Star, Fernando deu entrada no final da tarde devido a uma parada cardíaca em decorrência de um aneurisma.

Nascido na zona norte do Rio de Janeiro, em 1955, ele começou a carreira artística aos 17 anos, ao adaptar para um monólogo a peça "The Zoo Story", de Edward Albee. Na Globo, a estreia como ator foi em 1978, no seriado "Ciranda, Cirandinha", voltado ao público jovem.

Como ator, Jorge Fernando participou ainda das novelas "Pai Herói" e "Água Viva". Começou a trabalhar como diretor em 1980, na novela "Coração Alado", de Janete Clair. Depois, trabalhou como ator e diretor ao lado de Roberto Talma e Guel Arraes na novela "Jogo da Vida", de Silvio de Abreu, um de seus grandes parceiros.

Participou de novelas como "Guerra dos Sexos", "Cambalacho", "Que Rei Sou Eu?", "Rainha da Sucata" e "Vamp". Assinou a direção artística em "Chocolate com Pimenta", "Alma Gêmea", "Sete Pecados", "Caras e Bocas", e nos remakes de "Ti Ti Ti" e "Guerra dos Sexos". 

Também comandou programas musicais da Globo e dirigiu espetáculos teatrais como "Não Fuja da Raia", estrelado por Claudia Raia. 

No espetáculo teatral "Boom", estrelado por ele mesmo, Jorge Fernando cantava, dançava e interpretava vários personagens.

Entre os trabalhos de Jorge Fernando no cinema estão “Sexo, Amor e Traição” e “A Guerra dos Rocha”. Em 2012, levou ainda para o teatro "Salve Jorge", um espetáculo autobiográfico que reunia histórias vividas por ele no teatro, no cinema e na TV.

O último trabalho como diretor na televisão foi a novela "Verão 90", que acabou em julho deste ano.

O ator e diretor será velado na terça (29), no cemitério da Penitência, com acesso liberado ao público entre 8h e 10h.

Fonte: Folha de São Paulo.

Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

Tecnologia do Blogger.