COMPRA INSTITUCIONAL DA AGRICULTURA FAMILIAR É DESTAQUE EM SEMINÁRIO REALIZADO EM LUÍS EDUARDO MAGALHÃES


A prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, por meio das secretarias de Agricultura e de Indústria, Comércio e Serviços, em parceria com o Sebrae, realizou nesta quarta-feira (31), o 1º Seminário de Compras Institucionais: Gestão Pública e Agricultura Familiar.

O evento foi realizado no auditório da secretaria de Educação e teve a finalidade de auxiliar os pequenos produtores a ampliar os canais de mercado para a agricultura familiar no município, capacitando o agricultor, associações e a gestão pública na modalidade “Compras Institucionais” do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).


O PAA possibilita que estados, municípios e órgãos federais da administração pública direta e indireta comprem alimentos da agricultura familiar por meio de chamadas públicas, com os próprios recursos e sem a necessidade de procedimento licitatório. Para o secretário de Agricultura do município, Eduardo Yamashita, uma forma eficiente de estabelecer um diálogo direto entre as partes envolvidas, além de fomentar as pequenas áreas produtivas locais.


A ideia é que as compras públicas fiquem no mínimo em 30% de produtos da agricultura familiar. Por isso precisamos de um nivelamento entre preços e qualidade dos produtos. O agricultor familiar e associações precisam estar aptas e a prefeitura vai capacitar, juntamente com o Sebrae. A gestão pública precisa saber como estão os agricultores e as associações e o que eles têm a oferecer”, comentou o secretário.

De acordo com o gerente de Indústria e Comércio, Luís Fernando dos Santos Silveira, o Programa de Aquisição de Alimentos nas Escolas (PNAE) permite a modalidade de compras institucionais para quem fornece alimentação, como refeitórios de creches e escolas. Podem fornecer agricultores familiares, assentados da reforma agrária, silvicultores, extrativistas e pescadores artesanais, regularizados. Ele esclarece ainda que todos que estiverem legalizados podem vender nesta modalidade, respeitado o limite por unidade familiar.


O processo proporciona benefícios a todas as partes. Com o PNAE, o agricultor familiar qualifica a produção para atender quaisquer exigências legais, garantindo uma atividade permanente e renda para as famílias e todos os envolvidos”, comentou Luís Fernando.

Durante o encontro, foram abordados temas como planejamento para ações de fomento à participação da agricultura familiar, preparação dos agricultores familiares para o acesso às compras governamentais e orientações gerais sobre os processos de chamadas públicas.

Ascom. Prefeitura

Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

Tecnologia do Blogger.