CAPS AD II DE BARREIRAS REALIZA 1ª EXPOARTE “RENOVAÇÃO”, NA PRAÇA CASTRO ALVES


A fim de explorar e estimular sentimentos como alegria, tristeza e esperança, através da arte e o incentivo à inclusão social dos usuários, o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outros Drogas (CAPS AD II) realizou nessa quarta-feira (31) a 1ª Expoarte “Renovação” na Praça Castro Alves, em Barreiras.

Cada pintura, segundo a coordenadora do CAPS AD II, Denny Samper, teve um significado diferente. Com técnicas de engomadura, tinta acrílica, pintura a dedo com aplicação de mosaico feito de CD, arranhadura sobre giz de cera e pintura por fricção, os quadros ficaram expostos na praça com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para os trabalhos artísticos dos assistidos no CAPS AD. As telas foram confeccionadas na oficina de pintura e arte ministrada pelo artista plástico Rondinelli Oliveira, com a participação integral dos assistidos da unidade.


Presente no evento, o secretário Municipal de Saúde destacou a ação realizada pela Secretaria Municipal de Saúde, através do Projeto Saúde Humanizada, agregando a beleza dos trabalhos e a valorização dos assistidos do CAPS AD II. “O CAPS realiza dentro da política do Ministério da Saúde atividades essenciais que inserem os assistidos nos contextos culturais e sociais em ações importantes da sociedade, e em muitos casos, eles se identificam com essas atividades. Além de oferecer diversas essas atividades de artes plásticas e musicoterapia, a Prefeitura de Barreiras, através da equipe multiprofissional em saúde mental, proporciona atendimentos de segunda a sexta-feira com o objetivo de também levar cultura aos usuários e seus familiares, a exemplo dessa primeira expoarte”, destacou Anderson Vian.


Pablo Pereira estava muito contente com seu primeiro quadro na exposição. “A minha primeira intenção quando estava fazendo o quadro foi retratar várias folhas, mas muitos que já apreciaram, observam outros desenhos como cocar de índio. Muito feliz com esse reconhecimento através dos elogios, usei direitinho as técnicas e o resultado foi muito significativo”, disse.


A arte, de acordo com a terapeuta ocupacional do CAPS AD II, Mônica Dourado, remete um momento de socialização e ocupação. A pintura é um modelo de terapia que ocupa a mente, assim como as atividades realizadas com músicas no Centro de Atenção Psicossocial. Uma grande tela branca foi montada na Praça Castro Alves como incentivo para que os visitantes da Expoarte pudessem deixar sua contribuição através da pintura, e assim construir uma tela interativa, que ficará exposta na sede do CAPS.


Eduardo Lima ficou encantado com as obras de artes e deixou sua contribução na tela interativa. “Achei sensacional, o que mais me chamou a atenção foi a criatividade nos trabalhos aqui expostos. É muito profundo e acho necessária a participação da sociedade nessa valorização. Ali na grande tela, desenhei um cacto”, afirmou.

Ao final, a Recicla Banda sob o comando do professor Marco Antônio, animou o público presente com muita música e diversão.

Dircom

Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

Tecnologia do Blogger.