FRIO E GRIPE AUMENTAM RISCO DE INFARTO E AVC, ALERTA CARDIOLOGISTA


Hipertensos, diabéticos, pessoas com colesterol alto, fumantes e sedentários devem ficar atentos nesta época do ano, pois vasos se comprimem com o frio

A incidência de infarto e AVC (acidente vascular cerebral) aumenta em 30% e 20%, respectivamente, durante o inverno.

Estudos em vários lugares do mundo mostram que a cada 10°C de queda da temperatura, o risco de infarto cresce 7%, especialmente em ambientes abaixo de 14°C.

Nesta época do ano, em que é comum que as pessoas fiquem gripadas, os problemas provocados pelo vírus influenza potencializam a chance de um infarto ou derrame.

No caso do frio, o médico Roberto Kalil Filho, cardiologista e presidente do InCor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP), relata que quando o corpo é submetido a baixas temperaturas ocorre a vasoconstrição.

"O aumento da pressão sanguínea sobre a parede dos vasos que estão com o calibre reduzido, além de sobrecarregar o coração, facilita o desprendimento de placas de gordura localizadas no interior das artérias, que podem bloquear o fluxo do sangue para o coração e para o cérebro."

Isso acontece porque o organismo luta para manter a temperatura corporal em torno de 36°C. Com o frio, é liberada uma substância chamada catecolamina, que evita a perda de calor em órgãos vitais.

Por isso, as extremidades do corpo, como mãos, pés, orelhas e nariz costumam ficar geladas e às vezes até avermelhadas ou arroxeadas.

O hábito de ingerir menor quantidade de líquidos em dias frios contribui para aumentar a chance de entupimento de artérias, acrescenta o médico.

"Como sentem menos sede no frio, as pessoas acabam ingerindo menos líquido e desidratam. O sangue mais denso e viscoso coagula mais facilmente, o que colabora também para o aumento da pressão sanguínea", acrescenta Kalil Filho.


Não fosse isso suficiente, quadros gripais também podem piorar a situação.

Doenças respiratórias provocam inflamação nos vasos sanguíneos, aumentando o risco de desprendimento de placas de gordura localizadas nas artérias.

Como prevenir

O cardiologista do InCor alerta que determinados indivíduos precisam ficar mais atentos nesta época do ano. São eles:

• Pessoas que já tiveram infarto ou AVC
• Pacientes que precisaram desobstruir alguma artéria
• Hipertensos
• Diabéticos
• Indivíduos com colesterol alto
• Sedentários
• Fumantes
• Obesos

A principal recomendação é evitar a exposição a baixas temperaturas. Se precisar sair, agasalhe-se bem. Outras dicas são importantes:

• Evitar alimentos pesados, ricos em sal e gordura (especialmente à noite)
• Praticar atividades físicas
• Vacinar-se contra a gripe
• Ingerir líquidos com frequência

Fonte: R7

Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

Tecnologia do Blogger.