PSL ESTÁ SUSPENSO NA BAHIA POR FALTA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS À JUSTIÇA


Partido do presidente Jair Bolsonaro, o PSL está com o diretório da Bahia suspenso junto à Justiça por falta de prestação de contas ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Em tese, a legenda não tem autorização para movimentar nem receber verbas públicas do fundo partidário. O PSL é comandado no estado pela deputada federal Dayane Pimentel. Logo abaixo dela, estão o vice, Antonio Olivio, e o secretário-geral, Alberto Pimentel, secretário de Trabalho, Esporte e Lazer de Salvador. Como a validade da direção provisória da sigla expira em 30 de junho, se ela não regularizar as contas até o fim deste semestre pode ter o registro cancelado na Bahia pelo TRE.

No time dos nanicos 

Além do PSL, partido que cresceu no rastro da eleição de Jair Bolsonaro e que se tornou a bancada mais numerosa da Câmara ao lado do PT, outros quatro diretórios estaduais também estão suspensos por falta de prestação de contas: Pros, PRP, PCB e DC, partidos atingidos pela cláusula de barreira na última eleição.

Confusão caseira

Os deputados federais Cacá Leão e Ronaldo Carletto, do PP, entraram em conflito direto pelo poder em Mata de São João. Desde janeiro, Cacá se movimenta para que o partido apoie o vereador Paulo Henrique (SD) na disputa pela prefeitura da cidade em 2020. A único barreira é Carletto, aliado da ex-prefeita Márcia Dias, maior adversária do ex-deputado federal João Gualberto (PSDB), cujo grupo comanda a cidade desde 2005.

Arrasa-quarteirão

Por causa do duelo interno no PP, recursos e projetos direcionados ao município a pedido de Ronaldo Carletto emperraram em órgãos do governo estadual que pertencem à cota do partido. O próximo passo, acham aliados de Cacá Leão, será a tentativa de tomar o poder no Diretório Municipal da legenda, hoje presidido pela ex-prefeita Márcia Dias.

Seca pimenteira

Apesar de parte do núcleo-duro do Palácio de Ondina dar como certa a ida do ex-deputado estadual Carlos Geilson para o Detran, cardeais da base aliada garantem que ele não vai.

Todo gás

A Bahiagás distribuiu aproximadamente R$ 2,6 milhões em patrocínios para eventos e artistas durante o Carnaval deste ano em Salvador, por meio de 37 contratos com produtoras e empresas do setor de entretenimento. Em primeiro na lista dos projetos abastecidos com as verbas da empresa pública, está o trio Armandinho, Dodô e Osmar, que receberá nada menos que R$ 990 mil, seguido pelos blocos Filhos de Gandhy e Olodum, com R$ 150 mil, cada.

Fim de feira

Deputados federais aliados ao PT na Bahia se reúnem amanhã com Rui Costa para discutir a última etapa da dança de cadeiras orquestrada pelo governador. Na ocasião, vão cobrar o petista sobre a presidência das empresas do estado, como a cobiçada Embasa.

Que nós, homens, possamos entender de uma vez por todas que respeito não é favor. É direito. Só vamos avançar se abraçarmos essa causa juntos ACM Neto, prefeito de Salvador e presidente 
nacional do DEM, em postagem no Twitter para homenagear o Dia Internacional das Mulheres, comemorado anteontem

Fonte: Correio 24horas

Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

Tecnologia do Blogger.