ENCONTRO NA UPB DISCUTE ADVOCACIA MUNICIPAL


O objetivo desse debate não é só apresentar as novidades que transcendem hoje no mundo municipal, mas também discutirmos como estão funcionando as carreiras, quais as perspectivas que temos e qual o mundo que se abre para nós”. Essa foi a afirmação do coordenador jurídico da UPB, Isaac Newton, durante o 1° Encontro de Advogados Municipalistas, nesta segunda-feira (25), na sede da União dos Municípios da Bahia (UPB).

O evento que reúne procuradores, assessores jurídicos, advogados de municípios, entre outros interessados no tema, tem o intuito de discutir sobre os rumos da advocacia pública. Na oportunidade, Isaac falou da importância da realização do encontro. “Vamos tratar de um tema que interessa ao municipalismo, as prefeituras e a advocacia de forma excepcional. Vivemos um momento de debate, um momento de crise com relação à formação das carreiras jurídicas e das contratações de profissionais”, disse.

Presente no evento o Presidente da Ordem dos Advogados da Bahia- OAB/BA, Fabrício Castro, reforçou o apoio da OAB a advocacia municipal. “A OAB Bahia, como antes, continuará ao lado da advocacia municipal. Nós já temos dentro do nosso conselho vários colegas que participam ativamente da luta da advocacia municipal”, disse.

É quase impossível concentrar grandes nomes da advocacia baiana em um só evento, então sintam-se presenteados. Quero dizer que a UPB, em parceria com a OAB, precisa criar também um movimento no estado para poder defender essa ideia, porque acho impraticável licitar serviços advocatícios”, afirmou o superintendente da UPB, Leonardo Minho, que participou do evento representando o presidente da instituição, Eures Ribeiro.

A primeira palestra do encontro contou com a presença do advogado Tiago Ayres que discutiu com os presentes as dificuldades de advogar na área pública. “Todos os esforços para que possamos sim retirar essa ideia da singularidade e acredito nessa nossa caminhada vitoriosa”. O que eu puder fazer junto com os colegas tão engajados, eu farei. No sentido de reparar isso que tem sido um instrumento utilizado de maneira muito maldosa por alguns órgãos de controle, visando comprometer a própria eficiência das gestões que a administração pública não deve apenas ser legal, ela deve ser eficiente por ordem constitucional. Nós advogados devemos estar atentos às novas possibilidades e devemos compreender as novas necessidades dos municípios”, concluiu Ayres.

O debate sobre os rumos da advocacia pública na Bahia contou também com a presença do senador Ângelo Coronel, do presidente da Associação Pernambucana dos Advogados Municipalistas, Luís Galindo, do Presidente da Associação Paraibana de Advocacia Municipalista, Marcos Vilar, e dos advogados Milton Pedreira, Ademir Ismerim e Marcelo Junquerira Ayres.

Ascom. UPB

Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

Tecnologia do Blogger.