BARREIRAS: HISTÓRIA DA BAIA DE GUANABARA, GERALDO ROCHA E ANTÔNIO BALBINO.


A fazenda de Geraldo Rocha se expandia por toda a curva inferior do Rio Grande. O local possuía elevação natural e era coberta de capim , onde pastava o gado de raça, que eram vendidos aos fazendeiros que procuravam gado de melhor genética.

O sonhador Geraldo Rocha, homem a frente do seu tempo, faleceu em 59, deixando todas as suas idealizações plantadas na história de Barreiras, e certamente desejou que o tempo fizesse da cidade um lugar desenvolvido e de oportunidade para todos. Geraldo implantou em Barreiras a 1° hidrelétrica do interior do nordeste a gerar energia para o próprio município e assim atraiu diversas empresas para instalar-se por aqui, sendo a principal delas o frigorífico "matadouro".

Na década de 70, o Prefeito de Barreiras Baltazarino Araújo Andrade criou a exposição-feira agropecuária, mas para isso, o dinâmico gestor foi apoiado pelos herdeiros do Dr. Geraldo Rocha, onde fizeram a doação de toda a área da atual da sua antiga fazenda e também de grande parte superior do terreno do parque de exposições atual.

O terreno foi generosamente doado a Barreiras, “de boca”, como antigamente se fazia , pelo seu sobrinho e herdeiro, ex-Governador baiano Dr. Antônio Balbino de Carvalho Filho, pois na década de 70 ainda não existiam documentos cartoriais.

Atualmente, a documentação do PARQUE ENGENHEIRO GERALDO ROCHA já está devidamente assinada entre a Prefeita e os descendentes do doador, onde permanece profundamente ancorada em laços afetivos e de pertencimento, simbolizando tudo aquilo que o local representava no capítulo da formação de identidade entre os barreirenses e seu patrimônio.

Hoje o parque é do povo, assim como Geraldo amava Barreiras.

HISTÓRIA BÔNUS: Colégio Antônio Geraldo

Barreiras já teve um filho da terra como Governador da Bahia, o 33° na linha de sucessão. Antônio Balbino de Carvalho Filho foi governante do estado na década de 50 e construiu aqui em Barreiras o magnífico Colégio Estadual Antônio Geraldo, e comunicou ao tio e grande amigo Geraldo Rocha, que iria dar seu nome ao educandário, porém Geraldo Rocha respondeu-lhe:

-”Aceito a honraria, mas não para mim, aceito-a para meu pai, Antônio Geraldo, que, sendo um sertanejo, enviou-me para estudar em Salvador e me tornar o que sou.”

ORGULHO PARA BARREIRAS

Antônio Balbino de Carvalho Filho nasceu em Barreiras em 22 de abril de 1912 e morreu no Rio de Janeiro em 5 de maio de 1992.

Jornalista, professor e advogado, Antônio Balbino Filho era afeito à área econômica e concentrou sua administração em construir no estado um arcabouço financeiro sólido. Assumiu ainda diversos cargos políticos de destaque, como;

Deputado Estadual - BA
Deputado Federal - BA
Ministro da Saúde do Brasil
Ministro da Educação do Brasil
33° Governador do Estado da Bahia
Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil
Ministro da Fazenda do Brasil
Senador do Estado da Bahia

As mais icônicas obras de Antônio Balbino na capital baiana foram a construção da Fonte Nova e Teatro Castro Alves.

Mãe: Custódia Rocha de Carvalho
Pai: Antônio Balbino de Carvalho

Fonte do texto: Pagina do Facebook  Barreiras em desenvolvimento

Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

Tecnologia do Blogger.