Barreiras

EM AUDIÊNCIA PÚBLICA, CÂMARA DE BARREIRAS DEBATE SOBRE O CÓDIGO TRIBUTÁRIO


Nesta segunda-feira, 16, conforme cronograma estabelecido para discussões sobre o Código Tributário, a Câmara de Vereadores, realizou Audiência Pública com a participação da prefeitura e a Comissão composta por entidades que representaram a sociedade durante a revisão do projeto. A presidência da Casa e as Comissões de Constituição, Justiça e Redação Final, e, Finanças, Orçamento, Contas e Fiscalização, pretendem esclarecer as dúvidas antes da votação em plenário. 

O nosso objetivo é aumentar o debate e a participação popular na discussão dos temas de interesse de toda a sociedade. Queremos dar condição para que não fique nenhuma dúvida referente ao projeto 002/2018. Somente depois dos estudos e deliberações junto à sociedade é que as Comissões vão dar os pareceres, e o projeto poderá ser votado. Mas tudo será feito com calma e transparência”, afirmou o presidente Gilson Rodrigues. 


Durante a Audiência, o procurador da prefeitura, Bruno Almeida, fez uma explanação do conteúdo do projeto 002/18, destacando que o Código Tributário é fruto de uma discussão com as instituições, e destacou a importância da iniciativa da Câmara em abrir espaço para que os demais componentes da sociedade se envolvam no processo,e afirmou que o projeto 002/18, fixa algumas datas de fatores geradores como IPTU e TFF (Taxa de Fiscalização de Funcionamento), já para o início do mês de maio. Disse que a proposta foi ajustada de acordo com a carta de intenção feita entre Executivo e a Comissão de Revisão e a Câmara de Vereadores. 

Pelo projeto, os valores do IPTU voltaram a ser os mesmos de 2017. Segundo o procurador, todas as tabelas estão de acordo com o que foi determinado durante a revisão, mas as instituições fizeram apontamentos em relação ao Código encaminhado para aprovação e todos serão analisados pela Câmara. 

A comunidade está tendo a oportunidade de debater sobre este tema tão importante, e as decisões devem acontecer da forma mais célere possível, eacredito que os assuntos de modernização e avanços do Código que vai valer para 2019 comecem, apenas, depois da aprovação deste projeto”, disse André Braga, diretor da CDL. 


Um outro grupo de empresários e comerciantes, denominado Nova Ordem, também analisou o Código e apresentou um estudo em cimadas tabelas propostas. “Somos a favor deste projeto que está na Câmara, pois, o Código Tributário antigo vai voltar. Buscamos juntos uma melhoria para o município, sem fazer objeções, independente de quem seja o gestor, porque entendemos que a cidade precisa ter seu fluxo financeiro”, afirmou Marcos Roberto da Cruz – um dos coordenadores da Nova Ordem. 

Durante a Audiência, o presidente Gilson Rodrigues, voltou a afirmar que tudo será feito de modo que não prejudique a Administração Pública e nem a sociedade. O cronograma de debate sobre o novo Código continua hoje com uma reunião entre os vereadores. No dia 19, quinta-feira, a Câmara se reúne mais uma vez com a sociedade civil organizada para estudos.

Ascom.

Por Blog Tv Web Barreiras

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

Tecnologia do Blogger.