Bahia

MP REÚNE LÍDERES DE VÁRIAS CRENÇAS VISANDO REFORÇAR A CONSTRUÇÃO DO RESPEITO INTER-RELIGIOSO

Líderes religiosos de várias crenças se reuniram na tarde desta segunda-feira (22) com o Ministério Público estadual para debater a atuação no combate à intolerância religiosa e alinhar a participação no seminário que a instituição promoverá, na próxima sexta-feira (26) sobre o tema. Conduzida pela promotora de Justiça Lívia Santana Vaz, a reunião teve o intuito de discutir o papel de cada religião no combate a este tipo de prática e promover um diálogo sobre a importância do enfrentamento aos crimes de ódio, provocados, em sua maioria, contra religiões de matrizes africanas.

Um dos pontos de diálogo entre os líderes foi a importância do respeito à cidadania, no que tange à laicidade do Estado como mecanismo de promoção da igualdade de crença entre as pessoas, e da necessidade de não focar nas questões de ódio e intolerância religiosa, mas sim reforçar a construção do respeito interreligioso. “Diante dos atendimentos prestados pelo Ministério Público, por meio da Promotoria de Combate ao Racismo e Intolerância Religiosa, sentimos a necessidade de fazer um encontro como este. A questão principal que coloco nesta mesa de diálogo é ‘qual é o papel das religiões no combate à intolerância e ao ódio religioso? O que se tem feito a partir do ponto de vista de cada um?”, questionou Lívia Vaz. Ela registrou também que alguma crença religiosa presente pode não ter um trabalho específico ainda, mas o encontro já leva à reflexão do que pode ser feito. “Teremos representações de diversas crenças e todas devem ser consultadas na perspectiva de colaboração e construção coletiva” salientou a promotora.

Na reunião, estiveram presentes representantes de Centros de Ubanda, Centros islâmicos, da Seicho No Ie, da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, entre outros, que irão compor a mesa de diálogo interreligioso do “II Seminário sobre Intolerância Religiosa e Estado Laico”. O evento acontecerá na sede do MP, em Nazaré, e contará com membros e servidores da instituição, da Defensoria Pública, do Poder Judiciário, advogados, representantes e servidores dos poderes públicos municipal e estadual, representantes das diversas confissões religiosas, estudantes, movimentos sociais e sociedade civil.

A conferência de abertura será feita pelo advogado das Religiões Afro-brasileiras no Supremo Tribunal Federal, Hédio da Silva Júnior, que abordará sobre a “A importância do Judiciário para a defesa e implementação dos direitos das religiões afro-brasileiras”. Outros temas serão debatidos ao longo do dia como o “Enfrentamento à Intolerância Religiosa no Brasil de hoje - boas práticas” e “Brasil: Estado Laico?”. Por fim, haverá um ato ecumênico, com a participação do Coral Ecumênico da Bahia (CEB).

Cecom/MP

Por Blog Tv Web Barreiras

0 comentários:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

Tecnologia do Blogger.