BITCOIN BATE NOVO RECORDE E PASSA A VALER MAIS DE R$ 46 MIL - Tv Web Barreiras

Notícias Recentes

6 de dez de 2017

BITCOIN BATE NOVO RECORDE E PASSA A VALER MAIS DE R$ 46 MIL


Apenas uma semana após bater sua marca histórica de US$ 10 mil, e perder US$ 2.000 em questão de horas, o valor da bitcoin voltou a bater recordes nesta quarta-feira, 6. A criptomoeda começou o dia valendo mais de US$ 12 mil, ou R$ 46 mil na cotação de alguns mercados brasileiros.

O cálculo foi feito pelo CoinDesk, site que acompanha a variação de preço da moeda em tempo real. A valorização também fez com que toda a bitcoin do mundo passasse a valer mais de US$ 200 bilhões pela primeira vez. Em uma semana, o crescimento foi de quase 9%.

Ao todo, o valor da bitcoin cresceu mais de 900% somente em 2017. O crescimento é tanto que os gêmeos Winklevoss, que ficaram famosos por terem tido a ideia original do Facebook "roubada" por Mark Zuckerberg, entraram nesta semana para o seleto grupo de pessoas que se tornaram bilionárias graças ao investimento em bitcoin.

Vale lembrar, porém, o risco de bolha em torno do mercado da criptomoeda, alertado por diversos analistas e especialistas em finanças. Na semana passada, horas após bater seu último recorde, o preço da bitcoin despenceu 20% repentinamente.

O fato serviu como um lembrete que já é bem conhecido por quem lida com ações: nada sobe para sempre. Mesmo ativos em clara tendência de alta veem movimentos de correção; quando há uma alta explosiva como as que a bitcoin tem visto recentemente, a tendência é que a correção também seja bruta. Quanto tempo falta até que a bolha da bitcoin estoure para valer, porém, ninguém sabe.



Fonte: Olhar Digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.