RESGATE CULTURAL - GUTO DE PAULA. - Tv Web Barreiras

Notícias Recentes

20 de jun de 2017

RESGATE CULTURAL - GUTO DE PAULA.


Possivelmente por uma tradição nordestina nos meses “juninos” como eram chamados acontecia a “Festa da Colheita”. Mais tarde por influência religiosa essa festa recebeu o nome de “Festa de São João”. 

Coincidia com a colheita do meio do ano e se tornava também uma homenagem ao santo padroeiro da cidade. 

Na “Festa da Colheita” original os produtos típicos em sua grande maioria eram os derivados do milho. Canjicas, mungunzá, pamonha e etc. Uma tradição que acompanhada da fogueira, dos fogos de artifício e das quadrilhas que fazem parte dessas atividades típicas e culturais. 

Pelo advento sempre crescente do Agro negócio na região essa tradição se estendeu também para a colheita de outros produtos, como soja, algodão que de certa forma correspondem ao poder e a pujança econômica da região. Também comemoram a festa da colheita, porem com uma conotação bem diferente. Nada contra, mas o que não podemos é esquecer e deixar que nossa cultura popular seja engolida, precisamos preservar nossas raízes, e fazer da “Festa de São João”, nossa referencia cultural sempre viva e cada vez maior. 

Nesse aspecto quero parabenizar o Poder Publico que está incentivando essa cultura popular. Dando oportunidade para que as tradicionais quadrilhas voltem a se apresentar com toda sua criatividade. Que enfim a festa da colheita seja o nosso São João tradicional. Com todas as sua peculiaridades e atrações que sempre encantaram os aficionados pela festa. 

Essa sensível preocupação da Gestão Publica ao resgatar esses valores culturais precisa ser elogiada porque um povo sem suas raízes culturais perde sua referencia. 

As festas juninas se tornaram em todo o nordeste brasileiro uma referência nacional. Cultuadas em cidades nordestinas como a mais popular de todas as festas. Chega ao ponto de concorrer com o próprio Carnaval que mesmo popular está condicionado praticamente ao eixo Rio x São Paulo no Sul e Salvador x Recife no Nordeste. 

Nessa época de meio de ano durante esse período de festas em praticamente todas as cidades nordestinas seja de pequeno, médio ou grande porte pode-se observar claramente inúmeras fogueiras, festas, bandeirolas, comidas típicas da estação e o sempre presente forró nordestino. 

As festas juninas estão presentes e fazem parte do calendário nordestino de forma contundente. Não que em outras cidades brasileiras elas passem despercebidas, pois do Norte ao Sul do país elas são sempre festividades marcantes. Porém é exclusivamente no nordeste que sua atuação é mais forte e mais expressiva. 

A Secretaria de Cultura de Barreiras entendeu claramente que precisa preservar essa cultura popular e está fazendo sua parte e povo agradecido sente agora que essa tradição está sendo preservada. 

A crônica de hoje é dedicada aos integrantes das quadrilhas tradicionais de Barreiras que nunca desistiram de que a cultura popular nordestina precisa ser preservada.

Colunista Guto de Paula / Tv Web Barreiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.