CRÔNICA DE GUTO DE PAULA: PALAVRAS VAZIAS E CARAS. - Tv Web Barreiras

Notícias Recentes

2 de abr de 2017

CRÔNICA DE GUTO DE PAULA: PALAVRAS VAZIAS E CARAS.


Cobra-se de uma gestão seja ela Municipal, Estadual ou Federal que retire suas viseiras e amplie sua visão periférica. Considerando as devidas complexidades de um poder e a amplitude de seus problemas.

Na questão Federal a preocupação e as responsabilidades são infinitamente maiores. A dependência de convencer uma Câmara e um Senado para poder agir será sempre um dos seus maiores desafios.

As manobras políticas, os acordos envolvem inúmeras questões e depara-se com inúmeras situações. Estamos vivendo hoje o que o Governo quer implantar na questão da Previdenciária e não será diferente quando se pensar em reforma na Política, na Justiça e na Educação.

E por fora estão às manifestações públicas que em cultural regime de procissão saem às ruas para protestar ou para posicionar-se a favor. Não exatamente nessa ordem, mas sem muita representatividade, pois existem sempre aqueles que se acomodam e deixam o trabalho para que outros se encarreguem do problema. Na realidade a maioria fica em casa. Porem se fosse ao contrário muita coisa poderia mudar.

Não existe governo que resista a uma manifestação publica que pare o país e que invada as ruas de forma consistente.

Na questão Estadual a coisa não deixa de ser complexa, embora as negociações com o Legislativo sejam mais fáceis de controlar. Também existem manifestações públicas de repúdio e pressionam a ponto de promoverem greves e firmarem o pé em suas propostas. Isso até que o confronto passe para a mesa das negociações e os ânimos sejam arrefecidos.

No município as características que poderiam ser semelhantes na realidade são muito diferentes. Os gestores municipais fazem quase sempre o que bem entendem. O legislativo por ser infinitamente menor até que pode resistir, mas quase sempre acaba se rendendo.

O povo fica quase sempre a “ver navios” e recorre ao Ministério Público para conseguir o que acredita ser seu direito. Dificilmente uma Casa Legislativa Municipal, que por sinal tem um custo elevado para o município com uma produção pra lá de discutível, para não se afirmar que seja desnecessária onerosa e improdutiva.

Digo isso porque onde se estabelece um Ministério Publico atuante e com poder suficiente para coibir qualquer improbidade administrativa que venha de encontro aos interesses do povo, faz com que a Câmara Municipal seja apenas

um parlatório de inúmeras frases vazias. Composta na sua grande maioria por legisladores que não conhecem a fundo nem o Regime Interno da Casa.

E isso acontece no Brasil inteiro e o contribuinte paga os salários, os privilégios e as regalias de um poder apenas representativo que quase todas às vezes em todos os municípios do país se rendem aos interesses do Executivo.

Os legisladores municipais representam para o município, menos saúde, menos educação e menores ações sociais. Quando maior seus componentes, maior é o custo. E até agora ninguém fez a pergunta que não quer calar: Qual será mesmo a produtividade real desses legisladores? Que agem na individualidade, todo mundo sabe. Sabe tanto que até vota e faz campanha. Mas, na amplitude do contexto municipal qual será mesmo sua ação positiva?

Alguns países europeus já entenderam isso e determinaram que vereadores não recebessem salários. Entenderam que legislativo municipal só é importante para a Politica em momento de campanha, pois sua função é de serem cabos eleitorais pagos com o dinheiro dos contribuintes. Após o resultado da eleição são os primeiros a serem esquecidos ou desconsiderados.

Como já dizia Chico Anísio: “Palavras são palavras, nada mais que palavras”. Não seria assim um grande problema se não fossem tão vazias e tão caras.

A crônica de hoje é dedicada ao Amigo Everaldo Galvão, ao Dr. David Bessa e a amiga Jacira Wanderley.

Colunista Guto de Paula / Tv Web Barreiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.