MPF/BA DENUNCIA TRÊS PESSOAS POR GESTÃO TEMERÁRIA DE OPERADORA DE PLANO DE SAÚDE. - Tv Web Barreiras

Notícias Recentes

20 de mar de 2017

MPF/BA DENUNCIA TRÊS PESSOAS POR GESTÃO TEMERÁRIA DE OPERADORA DE PLANO DE SAÚDE.


Paulo Augusto Kahale Raimundo, Sérgio Duarte Velasco e Alcyr Gomes Barbosa violaram legislação e contribuíram para falência da IH Saúde, que acumulava dívidas de mais de R$ 7,8 milhões

O Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) ajuizou denúncia contra Paulo Augusto Kahale Raimundo, Sérgio Duarte Velasco e Alcyr Gomes Barbosa, por gestão temerária da Interhospitais Operadora de Plano de Saúde Ltda. (IH Saúde) nos anos de 2007 e 2008, que resultou em falência da operadora. Processo foi distribuído em janeiro deste ano.

Em auditoria independente realizada na IH Saúde em 2007 — durante a gestão de Paulo Augusto Raimundo — foram constatados diversos problemas com a contabilidade da operadora. Contrariando a legislação vigente, ela não possuía garantidores financeiros junto à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para lastrear suas operações. De acordo com inquérito instaurado pela Agência, a IH Saúde também não enviou à ANS, em 2008, documentos necessários para que esta pudesse determinar a situação econômica da empresa, contribuindo para a falência.

Paulo Augusto Raimundo controlava a IH Saúde desde 2007, tendo Sérgio Velasco como superintendente até abril de 2008 — quando este foi substituído por Alcyr Barbosa. Por falta de garantias financeiras durante a gestão dos denunciados, a operadora deixou de efetuar pagamentos de dívidas trabalhistas e tributárias e de valores devidos à ANS, à rede conveniada e aos demais fornecedores. Em 2010, a IH Saúde acumulava mais de R$ 7,8 milhões em dívidas.

O procurador da República André Luiz Batista Neves, autor da denúncia, requer à Justiça Federal que os réus sejam condenados pelo crime de gestão temerária — de acordo com o art. 4º, parágrafo único, da Lei nº 7.492/86 —, para o qual a pena é de reclusão de dois a oito anos, além de pagamento de multa.


Número para consulta processual na Justiça Federal: 00214-24.2017.4.01.3300 — Seção Judiciária da Bahia.

Assessoria de Comunicação Ministério Público Federal na Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.