0

O mês de março tem suas características bem peculiares. È o mês de retorno ao trabalho para aqueles cujas férias acontecem no melhor período do ano. Mês de retornar às aulas, de fazer compra de material escolar e de retornar ao ritmo atribulado do dia a dia. Pagar as contas, honrar os compromissos e pensar que as forças estão de fato renovadas para enfrentar os problemas conhecidos e aqueles que surgem de forma repentina.

Tudo muito igual ao que aconteceu no mesmo mês no ano passado. A diferença é que existe a esperança de uma renovação no setor público onde começam a surgir os primeiros benefícios. 

Pavimentação de ruas, operação tapa buracos e etc. Resta saber se os outros setores de emergência vão ter a mesma atenção. Na educação os ajustes pretendidos não foram bem aceitos. A primeira manifestação já aconteceu e mesmo com todas as explicações os pontos favoráveis ao novo gestor não surgiram. 

Possivelmente pela falta de comunicação oportuna ou por um deslize qualquer as decisões tomadas foram infelizes e dispararam o primeiro ato de insatisfação pública. Tudo muito normal quando as decisões do Poder não satisfazem a opinião pública. Faz parte de o exercício democrático protestar.

Não se pode cobrar perfeição em todos os atos administrativos, pois o que precisa ser cobrado é o planejamento para que essas ações aconteçam. Quando se planeja com o cuidado devido e principalmente quando as decisões tomadas foram discutidas com os interessados, nada disso acontece. Ou pelo menos não se justifica.

Mas enfim, não é possível agradar a todo o momento, pois sempre irão surgir os descontentes com isso ou com aquilo. O que importa é que existe trabalho sendo executado e que mesmo com toda a crise e com a situação deixada pelo governo passado as coisas estão acontecendo. 

Fruto de que nessa gestão o planejamento está sendo executado e que de um modo geral as arestas estão sendo aparadas. O dialogo tem sido importante para acalmar os ânimos e fazer com que as questões sejam discutidas com todas as partes envolvidas. 

O mês de março terá para o Poder Executivo e Legislativo a mesma conotação, ou seja, os trabalhos, as ações adquirem mais velocidade e entram no ritmo e na cadência de desejada, produzindo ou gerando a Mudança pretendida ou pelo menos fazendo a diferença.

Problemas sempre haverão de existir, o que precisa se fazer é tentar resolve-los da melhor forma possível. Coisa que não aconteceu em momento nenhum na administração passada, pois as coisas eram impostas de cima para baixo e mesmo com as manifestações de repúdio, pouca coisa se modificada.

Esperamos que agora as coisas ocorram de forma diferente e que o dialogo seja o instrumento para todas as negociações. 

A crônica da hoje é dedicada ao amigo Everaldo Jorge ao Carlinhos Prado e a Dona Francisquinha do Lar de Emmanuel.

Colunista Guto de Paula / Tv Web Barreiras.

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

 
Topo