FALTA DE REMÉDIO NA REDE PÚBLICA ELEVA GASTOS COM TRATAMENTO EM ATÉ 590% - Tv Web Barreiras

Notícias Recentes

21 de fev de 2017

FALTA DE REMÉDIO NA REDE PÚBLICA ELEVA GASTOS COM TRATAMENTO EM ATÉ 590%


Diabetes e pressão alta são dois dos males mais comuns enfrentados por brasileiros. Mas é comum faltar remédio para seu tratamento na rede pública de saúde.

Nesses casos, o prejuízo no orçamento pode chegar a até R$ 116 a cada ida à farmácia, segundo levantamento da plataforma de comparação de preços do setor Cliquefarma.

A pesquisa considerou os três medicamentos mais usados para tratar os dois problemas.

A situação é mais complicada para quem tem diabetes – 16 milhões de brasileiros, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o equivalente a 8,1% da população.

De acordo com o Cliquefarma, uma caixa com 28 comprimidos do Januvia 50 mg sai entre R$ 81,90 e R$ 116,84, uma variação de 42,66%.

"O ideal é que se tenha acesso a esse tipo de medicamento na rede pública; no entanto, quando estão em falta, ficar sem tomar não é uma opção", diz Ângelo Alves, fundador do Cliquefarma. "Nesses casos, fazer uma pesquisa extensa para encontrar o menor preço pode ajudar a diminuir o prejuízo", recomenda.

A menor variação encontrada entre os seis medicamentos avaliados foi quanto ao mais usado para o controle da diabetes, o Aglucose 100mg com 30 comprimidos. No valor mais alto, chega a custar R$ 40,56, 30,25% a mais do que o preço mais baixo, de R$ 31,14.

Como 25% de toda a população brasileira sofrer com pressão alta – segundo pesquisa da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) –, o custo dos medicamentos para tratar o problema é mais baixo.

O mais procurado deles, o Losartana 50 mg com 30 comprimidos, por exemplo, pode ser encontrado por até R$ 2,44. “Mesmo com um valor menor, vale a pena a pesquisar. Em alguns locais, o Losartana custa algo próximo a R$ 17, quase seis vezes mais caro", afirma Alves.

Fonte: Tribuna da Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.