0

A Adobe anunciou na semana passada um aplicativo que permite alterar gravações de áudio para incluir frases e palavras não ditas pelo locutor. A ideia, no entanto, despertou preocupações éticas e de segurança, já que permite manipular discursos de maneira que os ouvinte nunca perceba.

A empresa afirma que está tomando medidas para minimizar os riscos. Em uma demonstração na última quinta-feira, 3, a edição foi feita em questão de segundos e precisou apenas de uma transcrição em texto e de um botão. "Nós já revolucionamos a edição de fotos. Agora é hora de fazer o mesmo na edição de áudio", explicou Zeyu Jin, funcionário da Adobe.

Ele conta que são necessários 20 minutos de amostras de áudio para que o programa consiga "imitar" perfeitamente a voz.

Críticas

Especialistas parecem não ter ficado tão empolgados com o software. "Parece que os programadores da Adobe foram arrastados pela emoção de criar algo tão inovador como um manipulador de voz, e ignoraram os dilemas éticos de mau uso potencial", explica o Dr. Eddy Borges Rey, professor de mídia e tecnologia da Universidade de Stirling. 

O professor se diz horrorizado com a invenção e explica o motivo: "isso complica a vida de advogados, jornalistas e outros profissionais que utilizam meios digitais como prova".

Em meio às críticas, a Adobe afirmou que está procurando maneiras para detectar o uso de seu software. "Estamos pensando em algo como uma marca d'água de detecção", explicou Jin. O programa ainda não tem data de lançamento.

Fonte: BBC

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

 
Topo