CRONICA DE GUTO DE PAULA: ENQUANTO JANEIRO NÃO CHEGA. - Tv Web Barreiras

Notícias Recentes

7 de nov de 2016

CRONICA DE GUTO DE PAULA: ENQUANTO JANEIRO NÃO CHEGA.


Enfrentando um calor sem precedentes e esperando a chuva que demora a chegar estamos aguardando o fim de ano e o estabelecimento de novas possibilidades no campo político.

Por exemplo, quem irá ocupar a Câmara Municipal como presidente? Como serão os primeiros dias da nova administração? 

Quais as obras ou ações administrativas que serão consideradas como prioritárias? Como solucionar de forma aceitável o atendimento á saúde e a recuperação de escolas públicas?

Na infraestrutura já deve haver um levantamento da atual situação, onde estradas estão em péssimo estado e algumas pontes estão inoperantes. Isso tudo sem falar das ruas no centro da cidade e a situação sempre precária em muitos bairros. 

Tarefas difíceis que se tornam ainda mais complexas quando não está se permitindo uma transição entre os poderes. Quando o atual prefeito não permite que a transparência seja permitida e que seja possível tomar pé da atual situação.

Muito pelo contrário, pois segundo está se sabendo que muitas leis que estavam aprovadas na Câmara, mas que dependiam de sancionamento agora estão acontecendo. Todas as que geram custos e ações onerosas para a Prefeitura, mas que covardemente estavam engavetadas. 

Nas batalhas o exercito que se retira do campo de batalha costuma minar os caminhos para se vingar da derrota. Uma estratégia bélica e desumana que pune sempre os mais fracos e menos protegidos. Difícil aceitar que na administração publica onde existe ou deveria existir um compromisso sagrado de defender o povo isso possa estar acontecendo. 

Todos esses acontecimentos precisam ser registrados e colocados a disposição do conhecimento público para que no futuro exista maiores de melhores critérios para quem pretende se alçar a comandar a administração pública. 

Todavia precisam estar documentados, com provas e com fontes de informação segura. Não podem aparecer na mídia virtual como simples boatos. Se o povo vai cobrar da próxima administração medidas, ações, comportamento digno e transparente precisa também saber o que atual administração está fazendo para prejudicar as ações do novo governo.

Por enquanto é esperar que o calor sufocante dos últimos dias se torne mais ameno e que enfim a chuva venha refrescar a terra e que essa terra possa produzir alimentos. 

Que o espirito do Natal que está tão próximo possa contribuir para amenizar o revanchismo e as medidas tão medíocres e desumanas que só prejudicam o povo e os menos favorecidos. 

E porque não pensar, acreditar e orar para que dias melhores possam acontecer. Que a verdadeira justiça se faça presente, que exista de fato a intenção de fazer o que ainda não foi feito. Que a educação nesse município possa ter tratada com o respeito e a competência que merece. Que a saúde deixe de ser tratada com descaso e não seja mais seletiva. Que os profissionais de todas as áreas públicas recebam seus salários em dia e que um clima de satisfação se estabeleça.

Não e pedir muito é apenas almejar que quando a maioria pensou em mudança positiva, que de fato ela aconteça.

Mais uma vez é preciso acreditar que não há mal que sempre dure, nem bem que nunca se acabe. O mundo está sempre em movimento e nossos pensamentos e o nosso conhecimento precisam evoluir sempre. 

A crônica de hoje é dedicada ao novo presidente da Câmara, seja ele quem for. A comunidade do Rio Branco isolada por duas pontes e a população de bairros abandonados na periferia da cidade. 

Boa tarde!

Da redação Guto de Paula / Tv Web Barreiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.