CORRENTES DO PT PEDEM CONVOCAÇÃO 'IMEDIATA' DE ELEIÇÕES INTERNAS. - Tv Web Barreiras

Notícias Recentes

18 de out de 2016

CORRENTES DO PT PEDEM CONVOCAÇÃO 'IMEDIATA' DE ELEIÇÕES INTERNAS.


Integrantes do movimento intitulado Muda PT, que conta com integrantes de cinco correntes do partido, reuniram-se nesta segunda-feira (17) em Brasília e cobraram a convocação "imediata" de um congresso do partido para escolha de uma nova nova direção partidária. O grupo se diz descontente com a atual cúpula da sigla, presidida por Rui Falcão.

O Muda PT é composto por integrantes das correntes Articulação de Esquerda, Avante S21, Esquerda Popular Socialista, Mensagem ao Partido e Militância Socialista.

As eleições para definição do sucessor de Falcão estavam previstas para setembro de 2017, mas, no começo deste mês, após reunião da Comissão Executiva Nacional, em Brasília, o presidente do PT disse que o partido decidiu antecipar do segundo para o primeiro semestre do ano que vem a escolha da nova direção.

Com a convocação "imediata" do congresso, o Muda PT diz esperar que a nova diretoria seja escolhida já no primeiro trimestre de 2017, antecipando em cerca de três meses a substituição da atual cúpula.

Para o secretário nacional de formação do partido, Carlos Árabe, integrante da corrente Mensagem ao Partido e do movimento Muda PT, a "urgência" da troca no comando da sigla se justifica, entre outros motivos, pela derrota de candidatos petistas nas eleições municipais – o PT registrou uma queda de 59,4% no número de prefeituras no primeiro turno do pleito de 2016 em comparação com 2012.

"A urgência [da troca da atual direção] é porque sofremos um golpe [o processo de impeachment], sofremos uma derrota eleitoral e nós temos questões que precisam ser esclarecidas, como as denúncias de corrupção que nós sofremos que nós entendemos que precisam ser esclarecidas para o próprio PT", disse Árabe.

Além disso, para o Muda PT, diz, a "maioria" do partido "se nega a reagir à gravidade do momento".

Congresso

Após a reunião do Muda PT, Carlos Árabe disse ser contra o Processo de Eleições Diretas (PED), que está previsto no estatuto do partido e está marcado para o primeiro semestre de 2017, porque, para ele, o mecanismo se resume a uma "simples votação", sem debate de ideias.

"No PED, o filiado vai, vota e volta para casa. Não há debate, não há discussão de ideias, o que é necessário para este momento que o partido atravessa", afirmou o dirigente.

Questionado sobre o que o Muda PT vai fazer caso a cúpula do partido não convoque o congresso de forma "imediata", Árabe disse que será necessário fazer um balanço, mas evitou falar em desfiliações ou formação de um novo partido.

"Acreditamos que vamos conquistar a maioria para a realização do congresso e das mudanças que acreditamos necessárias", disse.

Substituto

Atual presidente do PT, Rui Falcão, acredita que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve assumiur o comando da sigla porque é uma "unanimidade" no partido. Atualmente, Lula é réu em três processos na Justiça e é alvo de inquéritos no Supremo Tribunal Federal.

Segundo relatos de dirigentes da legenda ouvidos pelo G1, contudo, ainda não há consenso sobre se Lula deveria assumir a função. O Muda PT, por exemplo, defende uma renovação na sigla, mas evita falar em nomes para suceder Rui Falcão.

Já o deputado José Guimarães (CE), da corrente Construindo um Novo Brasil (CNB), cita o ex-ministro da Casa Civil e ex-governador da Bahia Jaques Wagner como uma possibilidade para ocupar a presidência do PT.

Nota

Veja abaixo nota divulgada pelo Muda PT sobre a troca no comando do partido:

"Declaração da Plenária das/os militantes que querem Mudar o PT

Reunidos no Diretório Nacional do PT no dia 17 de outubro de 2016, em Brasília, militantes de vários coletivos, tendências e movimentos populares realizaram uma grande plenária em defesa de mudança de rumos do Partido dos Trabalhadores.

Diante do golpe de Estado contra a democracia, os direitos sociais e a soberania nacional, reafirmamos nossa disposição de lutar contra o governo golpista de Michel Temer e em defesa de Lula e de um PT socialista, democrático e de massas.

Conclamamos a toda a militância do nosso partido a ocupar as ruas e os espaços do Partido dos Trabalhadores em defesa de um grande e imediato Congresso do PT, que seja capaz de apresentar uma nova estratégia, programa e direções partidárias.

A vida nos exige coragem e o que nos une é a disposição de mudar o PT. A atual maioria do partido, além de se negar a reagir à gravidade do momento que vivemos, quer limitar o debate partidário a realizar ou não um PED - Processo de Eleições Diretas.

Nossos sonhos e lutas não cabem nesses artifícios burocráticos. Queremos mudar o PT para reconquistar o apoio da classe trabalhadora, da juventude e das novas lutadoras e lutadores sociais mobilizados em todo o Brasil.

Realizaremos nos próximos dias 3 e 4 de dezembro um grande Encontro com todas e todos os que querem mudar o nosso partido. Que este debate seja levado para todos os diretórios, movimentos populares, sindicalistas da CUT, intelectuais e lutadores sociais do país.

Brasília, 17 de outubro de 2016."



Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.