0

O Programa de Rastreamento do Glaucoma, com o objetivo de tratar os diagnosticados e prevenir o glaucoma, está sendo realizado em São Desidério, pelo prestador de serviço Instituto Multi Saúde em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia e com a prefeitura do município.


A equipe de cinco profissionais do Multi Saúde, composta por oftalmologista, enfermeiro, assistentes técnicos, e a participação de profissionais da saúde local, estão realizando o rastreamento na sede, nos dias 11 e 12 de junho, na Unidade de Saúde da Família, Otacílio Jesuíno de Oliveira e no distrito de Roda Velha III e Roda Velha I, nos dias 13 e 14, nas Unidades de Saúde da Família Marcos Konishi e Paulino Antônio do Carmo.


Dentre os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde, para a pessoa realizar o exame, é necessário ter idade acima de 50 anos, hipertensão arterial sistémica ou ser diabético, histórico de glaucoma na família de primeiro grau, ter miopia etc. O Rastreamento do Glaucoma trabalha com a capacidade de atendimento de 300 a 350 pessoas por dia. “Ontem atendemos cerca de 180 pessoas, mas hoje superamos nossas expectativas de atendimento, o público compareceu em grande quantidade as metas certamente serão ultrapassadas”, afirma a coordenadora municipal da unidade de atendimento, Rosane Nunes.


Os pacientes diagnosticados com o Glaucoma já saem do atendimento com os colírios, quantidade suficiente para três meses, tempo em que a equipe retornará à cidade para realizar o acompanhamento oftalmológico dos diagnosticados e um novo rastreamento. “O exame particular custa em média R$ 250,00 e os colírios variam de preço entre R$ 60,00 e R$ 70,00, mas dependendo da necessidade tem colírio que pode custar até R$ 180,00 e dentro do programa é tudo de graça”, disse o enfermeiro e coordenador da Multi Saúde, Aldenor Neto.


De acordo com a Coordenadora da Atenção Básica do município, Mônica Valéria de Souza, “O programa veio para contribuir com a saúde pública do município diagnosticando e tratando os glaucomatosos”, assegura.


Há 28 anos eu tenho problemas na visão e também convivo com o Glaucoma, já fiz até cirurgia em Goiânia, mas realizo sempre os exames seja aqui, em Barreiras ou fora do estado porque é só com os exames nas mãos que sabemos o estágio da doença para poder cuidar melhor”, disse dona Maria Pereira, moradora do distrito de Sítio Grande.

O glaucoma é um uma doença ocular capaz de causar cegueira se não for tratada a tempo, pois 80% dos glaucomas não apresentam sintomas da doença. É uma doença crônica que não tem cura, mas na maioria dos casos pode ser controlada com tratamento adequado e contínuo. Quanto mais precoce for o diagnóstico, maiores serão as chances de se evitar a perda da visão.

Texto e fotos: Fafá Iglesias.

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

 
Topo