ELEIÇÕES 2016 – A PROPAGANDA POLÍTICA. - Tv Web Barreiras

Notícias Recentes

13 de jul de 2016

ELEIÇÕES 2016 – A PROPAGANDA POLÍTICA.

Maglon Ribeiro

Consultor em Marketing Político e Pesquisas Eleitorais

A propaganda política é, sem dúvida, a parte mais visível do marketing eleitoral. É a propaganda que vai ocupar o espaço de visibilidade do candidato, através da mídia e outras ações conjugadas antes e durante a campanha política. Precisa claramente definir o que vai comunicar e para quem comunicar. Definir o que você, candidato, representa, ou seja, ter posicionamento claro (você é de Situação? Oposição? Classista? Temático? Tradição? Modernidade?). Pesquisa, histórico do candidato, posicionamento, plano de governo ou plano de ação parlamentar são elementos fundamentais que o marketing precisa para apresentar conteúdo estratégico para que a propaganda dê formar a estes conteúdos. Lembre-se que propaganda é arma de convencimento. Dessa forma a propaganda trabalha no sentido de apresentar uma Mensagem Clara, Relevante, Pertinente e Repetitiva. Candidato, a sua proposta tem que ser Clara (não precisa de maiores explicações para ser entendida). Como o “Deixa o Homem Trabalhar”, de Lula, no segundo turno de 2010, ou o “Yes, We Can” de Obama em 2008). Tem que ser Relevante (importante para a vida das pessoas a quem você irá pedir voto), Pertinente (de acordo com o Cargo que você está disputando). 

Lembre-se: a eleição diz respeito ao eleitor, e não ao candidato. Quando você abordar alguém na rua essa pessoa, até inconscientemente, se perguntará: “o que eu ganho votando nesse candidato?”. Não será necessariamente um pedido clientelista, uma cesta-básica. Pode ser a defesa de um tema que responde àquele eleitor. Ou a defesa de uma questão específica da Região onde ele mora. Não diga que vai resolver o problema da Educação se você não está concorrendo a Prefeito (resolver esse problema é uma atribuição do Executivo).Então, qual é a sua Proposta de campanha? Que temas você vai trabalhar em sua campanha?

Assim como no marketing comercial, uma boa propaganda política só se faz com um bom candidato. Tudo começa com um bom candidato, uma regra de onde parte toda campanha vitoriosa. Campanha se faz com pouco dinheiro, mas não se faz sem um bom candidato. O bom candidato tem uma história de vida e ideais para repartir. Não importa se ele é culto ou não, não importa se é doutor ou operário: quando ele fala, as pessoas prestam atenção é empolgado e inspirador.

Assim, no contexto de planejamento de uma campanha eleitoral, a comunicação atua como um elemento facilitador do trabalho em conjunto, no qual todo o processo de tomada de decisões onde o ator político expõe suas ideias, sempre utilizando uma mensagem curta e direta, previamente elaborada para impressionar/seduzir o eleitor e convencer a mídia a reproduzir suas ideias.

Notadamente a comunicação política tem como principais veículos:

a) a mídia;

b) as tribunas dos comícios;

c) as visitas a locais públicos;

d) os encontros de militantes.

Campanha política é um jogo entre imagens. Torna possível afirmar que é a valorização da imagem e dos elementos discursivos a ela associados que constituem as principais alterações na maneira de se produzir campanhas eleitorais. Estamos na era da política-espetáculo, da política feita por meio da sedução, da política show, da política encenada e da espetacularização do poder.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.