0

O WhatsApp será bloqueado novamente no Brasil. Isso porque a Justiça determinou que as operadoras de telefonia fixa e móvel bloqueiem o serviço de mensagens em todo o país por 72 horas. A medida passa a valer a partir das 14h desta segunda-feira, 2.

Com isso, as cinco operadoras do Brasil – Tim, Oi, Vivo, Claro e Nextel – são obrigadas a cumprirem a determinação judicial. Se não fizerem isso, estarão sujeitas a multa diária de R$ 500 mil.

A decisão foi tomada no último dia 26 pelo juiz Marcel Montalvão, da cidade de Largarto (SE), o mesmo que solicitou a prisão de Diego Dzodan, vice-presidente do Facebook na América Latina, no início de março. Até o momento não se sabe o motivo do novo bloqueio, uma vez que o processo corre em segredo de justiça.

Vale lembrar que, conforme o Olhar Digital noticiou em março, o delegado Fabiano Barbeiro, o mesmo que havia solicitado o bloqueio do WhatsApp no Brasil no final do ano passado, disse em entrevista à Rádio Câmara que poderia pedir novamente a suspensão do serviço do aplicativo. O motivo seria a falta de cooperação da empresa numa investigação que envolve o PCC, Primeiro Comando da Capital.

Essa não é a primeira vez que o aplicativo é bloqueado no Brasil. Em dezembro o WhatsApp já havia sido bloqueado durante 48 horas mediante uma investigação criminal. 

Essa não é a primeira vez que o aplicativo é bloqueado no Brasil. Em dezembro o WhatsApp já havia sido bloqueado durante 48 horas mediante uma investigação criminal. A determinação, no entanto, não durou o prazo previsto.

Na época, o app havia sido bloqueado por conta de uma represália da Justiça contra o WhatsApp pela recusa da empresa em fornecer informações sigilosas de suspeitos de uma investigação policial.

Fonte: Olhar Digital.

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

 
Topo