PRONERA GARANTIU ACESSO À EDUCAÇÃO A 22,1 MIL ASSENTADOS NA BAHIA EM 18 ANOS DE EXISTÊNCIA. - Tv Web Barreiras

Notícias Recentes

26 de abr de 2016

PRONERA GARANTIU ACESSO À EDUCAÇÃO A 22,1 MIL ASSENTADOS NA BAHIA EM 18 ANOS DE EXISTÊNCIA.


O conhecimento transforma a maneira como se compreende o mundo. Com essa frase, Nildo da Silva Souza, 38 anos, especialista em Agroecologia pelo Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera), define a importância do Programa em sua vida.

Morador do assentamento Limoeiro, no município baiano de Igrapiúna, no Território de Identidade Baixo Sul, Souza está entre os 22,1 mil assentados e filhos de assentados na Bahia que tiveram a vida transformada pelo programa educacional que completa 18 anos neste mês de abril.

Da alfabetização, aos 12 anos, em uma escola municipal de Igrapiúna, o assentado foi alçando voos mais altos com a ajuda do Pronera. Pelo Programa, fez curso técnico em Agropecuária, entre 2001 a 2004, no Colégio Agrícola Vidal de Negreiros, na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Mais tarde, entre 2008 e 2013, a política pública também possibilitou a ele cursar Engenharia Agronômica, com ênfase em Agroecologia, e, em 2015, obter o título de especialista em Agroecologia.

Segundo enfatiza, nunca teria alcançado a formação sem o Pronera e a mobilização dos movimentos sociais do campo. Ele acredita que, para alguém que vive no meio rural, o Programa permite a oportunidade de mudar não só profissionalmente, mas o modo de pensar o mundo e o meio agrário.

Quando criança, não imaginava conquistar tanto. À medida que estudava, ampliava a noção da realidade rural e a vontade de ter mais conhecimento”, revela Souza, que atualmente trabalha como técnico extensionista em assentamentos da região e almeja conquistar uma vaga para cursar mestrado por meio do Pronera.

Realizações

Em quase duas décadas de existência, o Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária garantiu acesso à educação formal a 185,2 mil pessoas em todo o País. Foram 470 cursos (desde alfabetização a pós-graduação) realizados por meio de parcerias com mais de 90 instituições de ensino em 913 municípios brasileiros.

Na Bahia, o Programa viabilizou o ensino fundamental, pela Educação de Jovens e Adultos (EJA), a 20,8 mil estudantes. Outros 818 concluíram cursos técnicos. O ensino superior graduou 424 trabalhadores e trabalhadoras rurais e 50 se especializaram. As formações ocorreram em parceria com universidades estaduais e federais.

Estão em andamento no estado as graduações em Direito, com 90 vagas, e de tecnólogo em Agroecologia, que atende a 100 estudantes, além do curso técnico em Agropecuária para 120 alunos.

Assessoria de Comunicação Social do Incra/BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.