0
Procurado pela Polícia no estado do Piauí e região Oeste da Bahia, o estuprador Jaelson Pereira dos Santos, 30 anos, vulgo “Gaivota” terminou morto na noite desta terça-feira, 23, por volta das 23h 00, no Distrito de Igarité, município de Barra/BA, a 80 quilômetros da cidade. Uma mulher que estava em companhia do bandido também foi alvejada e morreu no local.

Ele era acusado de invadir casas, estuprar e roubar duas mulheres na zona rural de Barreiras/BA. Segundo a Polícia Civil, Jaelson atacou as vítimas na noite de sexta-feira, 19, na Fazenda Água Salgada, onde matou um cachorro que pertencia a uma das vítimas, com um disparo de arma de fogo.

Ainda segundo informações policiais, além de violar os domicílios e estuprar as vítimas, Gaivota teria roubado delas, três aparelhos celulares e R$500. Uma delas estava grávida e foi encaminhada para o hospital do Oeste.

O mesmo respondia a três Inquéritos policiais em Barreiras por roubos e estupros, município onde era casado e tinha três filhos. Na cidade de Corrente no estado do Piauí, o marginal estava sendo procurado desde 24 de junho de 2014, na zona rural, depois de violentar sexualmente três mulheres, mãe e filha, uma menor de 14 anos, além de uma idosa de 67 anos. Na ocasião, uma delas o reconheceu, uma vez que seu aparelho celular foi encontrado em poder do maníaco.


Uma força tarefa foi montada para intensificar as buscas ao criminoso, com viaturas (carros e motos), tendo o reforço de policiais civis e militares da 83ª e 84ª companhias independentes, sediada em Barreiras, 85ª CIPM de Luiz Eduardo Magalhães e da 86ªCIPM de Formosa do Rio Preto.

Mortes

O agente investigar de polícia Ari, plantonista da delegacia de Barra, informou que o corpo de Gaivota e da mulher, possivelmente sua companheira de convívio serão encaminhados para o IML do município. O policial não soube informar a identidade dela, nem detalhes sobre as circunstâncias das mortes. “Temos informações extraoficiais de uma troca de tiros, mas ainda não tenho como afirmar. Nossa equipe está para o local”, declarou.

O caso será apurado pela Coordenadoria Regional, que tem como delegado titular o bacharel em direito, Mirosvaldo Santos Menezes.

Fonte: Alô Alô Salomão / Fotos: arquivo policial

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

 
Topo