0
Os quatro clubes grandes completaram seus jogos na 2ª rodada do Paulistão, assim já é possível compará-los e encontrar as características de cada um nessas duas partidas. Vale destacar que não estamos contando o duelo dos Santos contra o Ituano, válido pela 3ª rodada.

Mesmo com esse curto espaço de tempo para análise, já pudemos notar, a partir dos dados fornecidos pelo Footstats, o perfil de Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo.

O Timão se mostra o time mais seguro, até por ter sido atingido fortemente pelo mercado de transferências, que levou vários de seus titulares, opta por não se expor com um esquema mais cauteloso. Tite mantém o esboço daquilo fez sucesso no ano passado, com mais compactação e sempre priorizando o jogo eficiente, do erro mínimo. Aparece nas estatísticas com poucos cruzamentos, muitos desarmes e poucas defesas. O que significa um time que se expõe o mínimo possível. Além disso, com duas vitórias por 1 a 0 mostra eficiência. Veja os dados:

Média de 11 cruzamentos por jogo (3º com menos no campeonato)
Média de 1,5 defesas por jogo (1º com menos no campeonato)
Média de 23 desarmes certos por jogo (2º com mais no campeonato)

O Palmeiras ainda procura um padrão de jogo desde o ano passado, enquanto isso faz uso dos lançamentos e das viradas de jogo. Talvez seja o melhor elenco e aquele com mais peças entre os grandes, mas ainda peca por não ter conseguido encontrar uma maneira de aproveitá-lo. Observe os destaques das estatísticas do Verdão:

Média de 47 lançamentos por partida (3º com mais no campeonato) 
Média de 43 rebatidas por jogo (4º com mais no campeonato)
Média de 10,5 viradas por jogo (2º com mais no campeonato)

O São Paulo, principalmente contra o Água Santa, mostrou sua vocação ofensiva. A goleada por 4 a 0 revelou um time agudo, com objetivo e sem desperdícios. Faz poucos lançamentos e ataca com a bola no chão sempre que pode. Ainda assim, tem uma defesa exposta, que comete muitas faltas e exige participação ativa de seu goleiro. Confira as estatísticas:

ATAQUE
Média de 13,5 finalizações por jogo (5º com mais no campeonato)
Média de 6 cruzamentos certos por jogo (2º com mais no campeonato)
Média de 5 dribles certos (1º com mais no campeonato)
Média de 24 lançamentos por partida (1º com menos no campeonato)
Média de 27,5 rebatidas por jogo (3º com menos no campeonato)

DEFESA
Média de 5 defesas por jogo (6º com mais no campeonato)
Média de 21,5 faltas por jogo (1º com mais no campeonato)

Já o Santos é o time que mais tem apreço pela bola, fica com ela o quanto pode, trocando passes usando a habilidade e a precisão de jogadores como Lucas Lima, Gabigol, Renato e Thiago Maia. Por ostentar essa posse, não precisa parar o jogo com infrações e é o segundo que menos cometeu faltas até aqui. O Peixe não se destaca por errar pouco quanto o Corinthians nem pela vocação ofensiva do São Paulo, mas está em uma posição entre as duas equipes. Veja os dados santistas:

Média de 464 passes certos por jogo (2º com mais no campeonato)
Média de 10 faltas por jogo (2º com menos no campeonato)
Média de 22 minutos de posse de bola por jogo (1º com mais no campeonato)

Aliás, o ranking de passes certos entre os grandes do Paulistão retrata bem o que foi dito nos parágrafos anteriores. Observe no gráfico a posição de cada um pela média de passes:


Ranking de passes certos dos grandes até a 2ª Rodada do Paulistão (Fonte: Footstats)

Fonte: Blog Lance.

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

 
Topo