0
Maglon Ribeiro

Consultor, especialista em marketing estratégico, 

Politicamente correto seria a candidatura nascer de uma trajetória de vida comunitária, profissional ou política, que é um trunfo fundamental nas eleições municipais para vereador. Quando uma candidatura nasce sedimentada numa dessas três razões ela, no mínimo, surge ao identificar uma oportunidade para concorrer a eleição com chances reais de se eleger vereador. Uma candidatura assim reflete o exemplo de uma candidatura que nasce em defesa de uma causa, representante de um segmento, um bairro, um distrito, é que se imagina. Uma candidatura assim se encacha no perfil do tipo idealista, que traz um discurso que pretende contribuir para o bem do país e da comunidade onde vive. Portanto uma candidatura que nasce da história pessoal do candidato pela sua vivência comunitária, profissional ou política, com um conceito positivo para as pessoas.

Querer fazer política é, ou pelo menos deveria ser, antes de tudo, abdicar de projetos somente pessoais em prol de servir ao público. É esse o motivo de você ser candidato? 

Se sua candidatura reflete esse propósito você está de parabéns e pode fazer a diferença. Um candidato assim abraça a política como um forte instrumento para a concretização das aspirações que não são apenas de uma pessoa ou de um grupo ou de um partido, mas de todos, na busca de construção de um país mais democrático, republicano e com oportunidades para todos. 

Uma característica particular de um aspirante a político . capaz de oferecer resultados concretos ao povo, é ter grande sensibilidade para perceber o que não é percebido pela grande maioria das pessoas comuns. Deve compreender com clareza o que move as pessoas, o que as faz resistir às dificuldades e como constroem as suas crenças em um mundo melhor.

Sei de tudo isso, não sou nada disso, mas sou candidato, porque eu quero ser candidato. Conheço muita gente, sou o preferido do prefeito, eu sou especial, eu sou eu, já estou eleito.” Certamente estas são as respostas de muitos candidatos. De certa forma procurando encontrar um motivo que justifique a sua candidatura, que se percebe não nasce em defesa de uma causa, mas sim de uma decisão pessoal.

Política é um jogo de interesse sim, isso é um fato, e esse tipo de candidatura nasce, cresce e morre com esse propósito. A tarefa principal de um político é atender às necessidades de seus eleitores, de acordo com a plataforma de seu partido e os anseios gerais da sociedade. Donde se conclui que a política está intrinsecamente relacionada à promoção de interesses e valores.

Em que circunstancia você é candidato? 

Se você decidiu ser candidato, ou está em dúvida, faço alguns questionamentos: Você que pleiteia uma candidatura tem condições de reunir em torno de seu nome um número suficiente de pessoas que ajudem na campanha?

Uma delas, importantíssima, é o envolvimento de toda a família. Como sua família aceita minha candidatura? No caso, esses esclarecimentos são fundamentais. Você consegue convencer filhos e filhas do caminho tomado pelo pai ou pela mãe. O apoio da família é essencial. A campanha tem de começar com essa questão bem resolvida.

A questão financeira: Você tem dinheiro para bancar a campanha ou tem onde buscá-lo? 

Sua saúde aguentará o ritmo de campanha, com os dias cada vez mais longos e noites cada vez mais curtas, e comidas muitas vezes indigestas? 

Você conhece ou já procurou saber qual o real papel do vereador? Veja as principais funções básicas de um vereador:

Função Legislativa: consiste em deliberar, por meio de leis, emendas à Lei Orgânica Municipal, etc. sobre todas as matérias de competência do Município;

Função Fiscalizadora: consiste em fiscalizar e controlar atos do Poder Executivo, do Prefeito e de seus Secretários, da Mesa da Câmara e Vereadores, apreciar contas municipais com o auxílio do Tribunal de Contas do Estado, acompanhar as atividades financeiras e orçamentárias;

Assessoramento: consiste em sugerir medidas de interesse público ao Executivo, mediante indicações;

Ser um representante da população, atuando em defesa das comunidades e da cidade;

Ser um fiscalizador das atividades do Executivo Municipal, cobrando melhorias da cidade, obras importantes, etc.

Onde está seu eleitorado? Quem são seus apoiadores? Quais são seus adversários e concorrente, qual a sua plataforma eleitoral? A sua inserção social e comunitária? Quanto vai investir em sua candidatura? Como se eleger vereador? Quantos votos você precisa para ser eleito?


Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

 
Topo