0

Escoamento indevido das águas pluviais na rede de esgoto 
provoca extravasamentos e traz riscos à saúde da população

As últimas chuvas que atingiram Barreiras, no oeste da Bahia, evidenciaram um grave problema provocado pela má utilização da rede de esgotamento sanitário. Extravasamentos e o retorno do esgoto às residências e poços de visita [estrutura de inspeção da rede de esgoto identificada por uma tampa] são sinais de que muitos imóveis vêm escoando indevidamente a água das chuvas na rede de esgoto.

Regiões como o Centro Histórico, Jardim Ouro Branco e Sandra Regina foram os mais afetados com a sobrecarga de chuva na tubulação. Segundo o gerente da divisão de esgoto da Embasa, Patrick Alves, a rede não é preparada para receber o grande volume de chuva. Ele explica que o dimensionamento da rede é realizado conforme normas técnicas (NBR-9658/86 e NBR 9649/86) que recomendam o sistema denominado “separador absoluto”, em que se interliga na rede de esgoto somente as águas servidas excluindo a de drenagem de águas das chuvas.

A recomendação, de acordo com a Embasa, é que os moradores revisem as suas ligações e separem o escoamento do esgoto e das chuvas. “O escoamento da água das chuvas dos quintais das casas devem ir para um sistema próprio de drenagem, caso exista, ou diretamente para a via pública. Na rede de esgoto devem passar somente água servida dos banheiros, cozinha e da lavanderia”, explica o engenheiro da Embasa.


Esgoto x Drenagem

Algumas diferenças entre rede de drenagem e rede coletora de esgoto podem ser facilmente identificadas pela população. As conhecidas bocas de lobo, por exemplo, pertencem à rede de drenagem pluvial, têm formato retangular e situam-se geralmente abaixo dos calçamentos das ruas. As águas das chuvas serão levadas por meio de bueiros ou grandes canais diretamente para córregos e rios.

Identificada pelas caixas de inspeção, nas calçadas, a rede de esgoto escoa os efluentes domésticos por um ramal predial, sendo levado até a rede coletora, sendo depois conduzido para tratamento em uma estação própria. Na rede coletora de esgoto é possível verificar uma estrutura chamada de poços de visita (PV´s), notadas por uma tampa localizada nas ruas.

Outra forma de distinguir as duas redes é observar se são feitas em tubos em PVC (rede de esgoto) ou manilhas de concreto (rede de drenagem). Além disso, o diâmetro das tubulações de drenagem é bem maior para suportar a quantidade de chuva.


Cobertura

Até o momento, moradores de 14 áreas* [veja lista abaixo] de Barreiras passaram a ter acesso a esgotamento sanitário. Ou seja, já podem ligar os esgotos dos seus imóveis à rede e desativar a fossa séptica. Os moradores devem executar as ligações intradomiciliares, no prazo de 90 dias, depois de notificados pela área social da Embasa. Esta ligação consiste em canalizar água servida - utilizada no banheiro, cozinha e lavanderia - para a caixa de inspeção localizada na calçada, desativando a fossa séptica. Não pode ser ligada à rede água de chuva, que deve ser escoada para rede específica, sarjeta ou na via pública.

Áreas de Barreiras com acesso à rede de esgoto:

*Bandeirante, Flamengo, Novo Horizonte, Serra do Mimo, Bela Vista, Vila Rica, Vila dos Funcionários, Vila Amorim e parte do São Pedro, Centro Comercial (perímetro entre Princesa Isabel e Feira Livre), Sandra Regina e Jardim Ouro Branco, que ficam acima da Av. ACM; e os bairros JK e São Miguel (perímetro entre o Estádio Geraldão e Câmara de Vereadores), entre as avenidas Clériston Andrade e José Bonifácio.

Assessoria de Comunicação da Embasa

Unidade Regional de Barreiras

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

 
Topo