0

Em reunião inédita defensor-geral diz que levar a DPE/BA para outros municípios além de Barreiras é um desafio

A Defensoria Pública do Estado da Bahia - DPE/BA e os serviços que presta aos cidadãos vulneráveis da sociedade foi apresentada hoje à União dos Municípios do Oeste da Bahia - UMOB. Em reunião com os prefeitos dos 16 municípios que integram a UMOB o defensor público - geral da Bahia, Clériston Cavalcante de Macêdo, que inaugurou nesta sexta-feira a unidade da DPE/BA em Barreiras, assegurou que a interiorização da Instituição é um desafio por causa das dificuldades orçamentárias. "Mas estamos motivados a vencer as dificuldades e futuramente, ampliar o número de defensores públicos nesta região", destacou.

Assim como é a primeira vez que Barreiras, a maior cidade do Oeste baiano, contará com os serviços da Defensoria Pública, foi a primeira vez em que um gestor dessa instituição se reuniu com prefeitos da região. Ao apresentar um retrato da DPE/BA, Clériston Cavalcante de Macêdo garantiu que a presença da Defensoria em uma comarca implica em desoneração aos cofres municipais: "Tendo Defensoria no município vocês já terão mais segurança e respaldo para investir em questões sociais".


"A chegada da DPE nas suas cidades deveria ser pautada por vocês, pois pode ser um instrumento de fortalecimento", apontou o defensor-geral, Clériston Cavalcante de Macêdo ressaltou que a Defensoria oferece benefícios imediatos à população. "Apresentamos instrumentos outros de aplicação de políticas públicas. Temos essa expertise que é legitimada pela própria constituição e Lei Complementar Federal", argumentou, explicando aos prefeitos que a ação jurídica é a última ferramenta do defensor público, que usa mediação, intermediação e meios alternativos para resolução dos conflitos.

DPE NAS COMARCAS

Aos integrantes da UMOB, que tem como presidente o prefeito de Cotegipe, Marcelo Marine, e como vice-presidente o prefeito de São Desidério, Ademilton Barbosa, Clériston Cavalcante mostrou a desproporcionalidade da presença de juízes, promotores e defensores públicos nas comarcas. Do total de 276 comarcas no Estado, a Defensoria só está presente em 28 (com as cinco novas unidades que estão sendo inauguradas). Na comarca de Salvador, onde atuam mais de 200 juízes e promotores, a DPE/BA, mesmo concentrando a maioria dos defensores públicos na capital, não passa de 160. Os demais 117 estão no interior. "Como gestores, vocês sabem das dificuldades orçamentárias. Para chegar a mais comarcas a Defensoria precisa ter recursos não apenas para fazer concurso e nomear mais defensores, mas para contratar servidores e oferecer estrutura física para que o trabalho seja desenvolvido", argumentou o defensor público geral da Bahia.


O ideal de chegar a mais comarcas do Oeste do Estado sem se intimidar com os desafios também foi ressaltado por Clériston Cavalcante aos prefeitos. " Apesar das dificuldades, nós abraçamos a causa pública. Tanto que as três defensoras que vão trabalhar fizeram a escolha de desbravar o Oeste", disse, apresentando aos membros da UMOB a defensora pública Valéria Teixeira de Souza, uma das três representantes da DPE na comarca. Flávia de Menezes Teles e Silvana Abreu Sampaio completam a equipe da Defensoria em Barreiras. Também acompanharam a reunião o subdefensor público geral, Rafson Saraiva Ximenes, o coordenador Executivo das Defensorias Regionais, Walter Nunes Fonseca Junior, e a presidente da Associação dos Defensores Públicos da Bahia, Ariana Sousa.

Assessoria de Comunicação

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

 
Topo