Oi lucra R$ 64 milhões no 2º trimestre


O lucro da operadora Oi no segundo trimestre do ano foi de R$ 64 milhões, contra R$ 374 milhões no mesmo período do ano passado. Segundo a Oi, os números não são comparáveis, já que a empresa passou por uma reestruturação societária em fevereiro deste ano, juntando várias empresas embaixo da Oi S.A..

No primeiro trimestre de 2012, o lucro da companhia foi de R$ 346 milhões.

Com exceção do lucro, a Oi informou que: "Para facilitar o entendimento do negócio, apresentamos os resultados consolidados pro-forma do primeiro trimestre e segundo trimestre de 2012, equivalentes às informações da antiga TNL, se números físicos; receitas, custos e despesas (Ebitda); endividamento, investimentos e fluxo de caixa, como se as incorporações tivessem ocorrido em 1o de janeiro de 2011".

A empresa não explicou por que não fez o mesmo com o lucro líquido.

No primeiro semestre de 2012 o lucro da Oi atingiu R$ 410 milhões, contra R$ 467 milhões obtidos em igual período de 2011.

A receita líquida do segundo trimestre foi de R$ 6,9 bilhões, aumento de R$ 107 milhões (1,6%) em relação ao trimestre anterior. A receita do segmento residencial totalizou R$ 2,466 bilhões, crescimento de 1,5% em relação ao primeiro trimestre do ano.

No segmento de Mobilidade Pessoal, a receita líquida atingiu R$ 2,229 bilhões, um aumento de R$ 123 milhões (5,8%) em relação ao primeiro trimestre e de R$140 milhões (6,7%) se comparado ao segundo trimestre de 2011.

O segmento de pós-pago, que oferece receita maior, encerrou o segundo trimestre com 5.791 clientes, atingindo 12,8% da base de Mobilidade Pessoal, que há um ano era de 12,3%.

Nos seis primeiros meses de 2012 já foram adicionados 506 mil clientes pós-pagos, 28% a mais do que o ano todo de 2011.

"Este desempenho é reflexo da estratégia traçada pela Oi em focar mais no segmento de alto valor", informou a empresa.

O segmento de pré-pago totalizou 39.407 clientes ao final do segundo trimestre deste ano, representando aumento de 2,3% em relação ao trimestre anterior.

O Ebitda, ou lucro antes de amortizações, juros, impostos e depreciações ficou em R$ 2,141 bilhões no segundo trimestre, com margem de 31,0%. O resultado é superior em R$ 129 milhões e 1,4 pontos percentuais na sua margem em relação aos valores pro-forma reportados no trimestre passado.

"O aumento é oriundo, majoritariamente, da elevação da receita líquida, nos segmentos Residencial e Mobilidade Pessoal, além da eficiência da gestão dos custos e despesas", explicou a Oi.

Os custos e despesas operacionais da Oi do segundo trimestre totalizaram R$ 4,769 bilhões, ficando praticamente estável em relação ao trimestre anterior e aumentando 3,7% nos últimos 12 meses.

A dívida líquida companhia subiu de R$ 17,4 bilhões para R$ 23,5 bilhões do primeiro para o segundo trimestre, o que segundo a Oi já estava previsto no seu Plano Estratégico levando em conta o seu processo de reestruturação.

Os investimentos consolidados totalizaram R$1,360 bilhão no segundo trimestre de 2012, aumento de 24,7% contra o trimestre anterior e 30,5% maior em relação há um ano. Segundo a Oi, o aumento se deveu à ampliação da banda larga e na cobertura 3G em rede e da aquisição da licença 4G.

A Oi, como outras operadoras, foi punida pela agência reguladora do setor, Anatel, que suspendeu em 23 de julho a comercialização de novos serviços da empresa nos estados do Amazonas, Amapá, Mato Grosso do Sul, Roraima e Rio Grande do Sul. A Oi informou que "já está trabalhando na elaboração do Plano a ser apresentado para a Anatel com vistas a voltar o mais rápido possível à oferta plena dos seus serviços nos estados afetados".


Fonte: Folha de São Paulo

Nenhum comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Blog Tv Web Barreiras. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog Tv Web Barreiras poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada ou que esteja sem identificação.

Tecnologia do Blogger.